Processo de Link Building: A falta de Planejamento | Link Building

Informações com qualidade sobre Link Building SEO

Afiliados Magazine

22 mar 11

Processo de Link Building: A falta de Planejamento

O planejamento é uma fase obrigatória antes de se iniciar um projeto em qualquer área de atuação. Quando a decisão de iniciar uma campanha de link building é tomada, seja na empresa aonde trabalha (in house) ou para um cliente externo (via agência ou projeto freelancer), a fase de planejamento é igualmente indispensável para alcançar o sucesso nas ações e levar ao cliente os resultados esperados.

Processo SEO - Falta de planejamento

Consequências da falta de planejamento

A falta de planejamento pode levar um projeto ao fracasso, confira alguns dos pontos negativos mais importantes que um projeto de Link Building sem planejamento podem gerar.

Ações desencontradas

Um erro muito comum em campanhas de Link Building, causado em geral pela falta de experiência aliada a vontade desenfreada de se conseguir o maior número de links no menor tempo possível,  é iniciar a aquisição de  links sem qualquer estudo ou planejamento posterior. Isso faz com que ações sejam executadas de forma aleatória, diminuindo drásticamente as chances de sucesso devido a falta de preparo e continuidade nas ações.

Perda de oportunidades

Quando uma empresa resolve investir em Marketing Digital, muito provavelmente Link Building não será a única estratégia adotada. Muitas  outras ações on-line e off-line serão implementadas em paralelo por equipes diferentes. Um processo de Link Building bem elaborado é de vital importância para envolver todas essa equipes e evitar a perda de oportunidades.

Imagine por exemplo que a empresa tem um setor dedicado exclusivamente a gestão de mídias sociais. Se uma campanha for lançada nessa área é muito importante que as oportunidades de obtenção de links que essa ação vai gerar sejam bem aproveitadas e direcionadas pelo projeto de Link Building. Quando o planejamento não engloba a interação e a troca de informações entre os diversos setores da empresa, essas oportunidades acabam passando despercebidas.

Todas as oportunidades devem ser aproveitadas, tente obter o máximo de todas ações executadas nas mídias on-line e off-line, transformando-as em pontos de conversão de links e visibilidade para o projeto.

Link Spike

Outro ponto negativo da falta de um processo de Link Building bem estruturado e executado, é a “super aquisição” de links em um curto período de tempo. Mas como assim, a obtenção do maior número de links no menor tempo que se conseguir não é o que realmente importa? Na verdade não, tudo em excesso pode acabar sendo prejudicial e não é diferente quando se trata de Link Building.

Um crescimento anormal seguido de uma queda brusca no número de backlinks de um site é um fenômeno denominado Link Spike (Picos de Links). Quando os mecanismos de busca identificam esse padrão, podem interpreta-lo como uma tentativa de manipulação do algoritmo de rankeamento e punir o site em questão por estar em desacordo com sua política de qualidade, gerando transtorno e muitas vezes prejuízo financeiro.

Esse tópico rende muito pano para manga, em breve teremos um artigo dedicado a falar exclusivamente desse assunto.

A MajesticSEO desenvolveu uma ótima ferramenta chamada Backlink History que ajuda muito a identificação de Link Spike. Abaixo, segue uma imagem dessa ferramenta exibindo o histórico de links de uma empresa que foi punida recentemente por Link Spike (dentre outros fatores).

Link Spike decolar.com

Dificuldade no Retorno do Investimento (ROI)

Um processo de Link Building sólido depende de muita pesquisa e de um planejamento bem elaborado.

Quando o planejamento da campanha de Link Building é deixado de lado ou implementado de forma leviana, sem a devida importância, todo dinheiro e tempo investidos no projeto podem ir por água a baixo, fazendo o projeto não ter Retorno sobre o Investimento (ROI) esperado pelo cliente na contratação do serviço.

Conclusão

Em qualquer mercado os resultados são importantes, é por isso que investimentos são feitos, para maximizar resultados e lucros. Se um profissional ou empresa deixa de obter esses resultados por pura falta de profissionalismo ao não efetuar um bom planejamento do trabalho, ele não prejudica somente o cliente mas também a sua própria imagem e reputação.

Executar o trabalho de forma profissional e responsável, visando sempre maximizar o retorno do investimento para o cliente tem de ser sempre a meta de qualquer empresa ou profissional que deseja se firmar no mercado e ser referência em seu nicho. O planejamento das ações é parte integrante desse processo.

 

E você, concorda, discorda ou conhece algum case de Link Building que foi prejudicado pela falta de planejamento?
Deixe suas considerações sobre o assunto.

 

Compartilhe

  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no LinkedIN
  • Compartilhe no Orkut
  • Compartilhe no Digg
  • Compartilhe no Google
  • Compartilhe no Digg

Sobre o autor: Pablo Augusto

Pablo trabalha como consultor de Marketing Digital, atuando em projetos freelancer e em parceria com agencias de publicidade. Seu trabalho é voltado para as áreas de de Otimização de Sites (SEO), Link Building, Mídias Sociais e Links Patrocinados. Participa ativamente da comunidade SEO brasileira contribuindo com o fórum oficial do Google para Webmasters e escrevendo sobre search e desenvolvimento web.

Deixe seu comentário

Notifique-me de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.

Comentários

  1. Realmente, Pablo, se não planejarmos e agregarmos todas as áreas (on e off) de uma campanha, o link building vai pras cucuias…
    Vejo muito essa questão que vc citou, de conseguir adequar a gestão de Mídias Sociais com a equipe de SEO. As 2 alinhadas podem dar muito bons resultados e agradar/dar retorno ao cliente. É importante mostrar ao cliente como ambas podem caminhar juntas e como os trabalhos se completam, senão não é o analista de SEO ou o de Mídias Sociais que vai ter o trabalho desvalorizado, mas sim o cliente é quem vai perder.

    Ótimo post! Parabéns!

  2. Pablo Augusto

    Obrigado Renata.
    O jogo de empurra que muitas vezes se estabelece internamente em uma empresa é um dos fatores que mais prejudica o cliente como um todo. Uma pessoa que fala muito bem sobre a integração de toda empresa em prol de um único resultado, e não de resultados específicos é o Doc Luz em sua palestra. A integração de todos os setores somando esforços para alcançar um único resultado é o que faz o sucesso de uma empresa.

  3. Victor Brunner

    Renata e Pablo

    Lembro bem da frase que o Doc citou no CoeSEO: “Você tem que pensar como um todo”.
    Quando se ações integradas, envolvendo mais de um tipo de mídia e canal, os resultados são infinitamente maiores.

  4. Rodrigo (Digowars)

    Olá Pablo, concordo com vc muito nessa questão de planejamento, pois as pessoas pecam nisso e temos que pensar muito na grana que está sendo investida pelo cliente. Se trabalharmos de forma desorganizada, o desencontro uma hora pode acontecer até mesmo entre a própria equipe responsável pelo processo, obtendo links do mesmo site, com o mesmo conteúdo gerado, não obtendo o resultado esperado.
    Muito bacana o artigo! parabéns!

  5. leandro

    Pablo Parabéns pelo post. Você tocou num ponto fundamental sobre o link-spike. Gostaria de saber sua opinião num outro fator:
    Vejo muitos SEOS cadastrando páginas internas de sites em diretórios. Qual sua opinião sobre isto? Isto é White? é válido?

    obrigado

  6. Ontem recebi um comentário em um dos meus posts de um site de pedindo contato para publicidade.

    Até aí tudo normal…

    mandei um email pedindo infos e aí vem a malandragem…

    Era para comprar links.

    Eu não vendi, pois o pagamento era para CPNJ ou RPA.

    Como alguém quer comprar links, pagar pouco e ainda gerar burocracia para blogueiros?

    Será q essas empresas não sabem AINDA que quase todos os blogs são de pessoas físicas, ganhando com adsense e outros afiliados que SÓ pedem o nome e número da conta do banco?!

  7. Olá Pablo, primeiramente parabéns pelo post, altamente relevante, Realmente o Planejamento é fundamental se começar algo de forma errônea o projeto vai por agua baixo. temos que ganhar tempo com o planejamento sem pular etapas querendo resultados rápidos…

  8. Aqui na empresa o planejamento é algo primordial. Devemos nos concentrar a fazer campanhas limpas. Um abraço a todos